Prepare-se para a Explosão Conectada e Inteligente de Masayoshi Son

Em 2015, os parceiros da ARM geraram US $ 50 bilhões em vendas e atingiram a marca de mais de 15 bilhões de unidades entregues no período. Masayoshi Son, CEO da SoftBank e novo proprietário da ARM (após o acordo de aquisição de US $ 31 bilhões de setembro deste ano) declarou, na conferência anual de desenvolvedores ARM, em outubro passado, que tudo isso ainda é pouco comparado ao que vem por aí.

Na abertura do evento ARM TechCon, realizado na Califórnia, Son revelou que espera que a Internet das Coisas (IoT), ou seja, objetos do cotidiano cada vez mais inteligentes e conectados que provocarão uma explosão de novas tecnologias – assim como a Explosão Cambriana viabilizou milhares de novas espécies na Terra – levará a 1 trilhão de dispositivos conectados IoT. Segundo o executivo, esse fato nos conduzirá à “Singularidade”, quando a inteligência das máquinas excederem a inteligência coletiva dos seres humanos.

Son iniciou o evento com uma explicação sobre a evolução humana w observou que as “trilobitas” foram as primeiras criaturas na Terra que tinham olhos, com capacidade de sentir e processar o ambiente. Essa criatura viveu durante a Explosão Cambriana, um período há cerca de 500 milhões de anos, quando milhares de espécies passaram a existir.

“A explosão da Internet das Coisas está se aproximando”, disse Son. “Se a Explosão Cambriana aconteceu, a da Internet das Coisas também acontecerá. Até 2018, o número de dispositivos de IoT irá superar o número de dispositivos móveis, e em 2021, teremos 1,8 bilhão de PCs, 8,6 bilhões de dispositivos móveis e 15,7 bilhões de dispositivos IoT”, completou o executivo.

“O que quero dizer é que o mais importante é que nos próximos 20 anos, contaremos com um trilhão de dispositivos de Internet das Coisas”, concluiu.

Segundo Son, em 2035, a quantidade de dados crescerá mais de 2.400 vezes, de 1 exabyte para 2.3 zetabytes. “Esta é a primeira vez na Terra que vamos experimentar 1 trilhão de chips agregando todos os tipos de dados”, disse ele. “Seremos capazes de agregar todos os tipos de análise, e isso nos dará inteligência e nos tornará superinteligentes. Notem que a segurança será essencial. A segurança torna-se mais importante do que duplicar o ciclo do relógio. Sem segurança, tudo isso será muito perigoso. ”

Ele observou que os carros já possuem 1.000 chips, incluindo centenas de chips ARM, e nenhum deles é seguro. Como carros se tornam conectados e sem motorista, eles serão suscetíveis a ataques de hackers. Alguém poderia lançar um vírus e transformá-lo em todos de uma vez e provocar um acidente grave com todos os carros na estrada, alertou Son. “Eu não deveria falar muito para não dar muitas dicas aos malvados” “.

Para concluir, o executivo observou que a fala e o reconhecimento visual da Inteligência Artificial (AI) já estão superando a dos humanos. Com 1 trilhão de dispositivos, vamos ter “uma super AI”, prevê Son. “Isso se tornará a ‘Singularidade’, onde a inteligência da máquina excede a inteligência coletiva dos seres humanos.  Quando isso acontecer, teremos um mundo onde poderemos prever o futuro. Não haverá acidentes de carro. E viveremos muito mais tempo”.

Apesar do futuro inteligente, algumas coisas ruins também poderm ser antecipadas, já que “quer queiramos ou não, a nova Explosão Cambriana está para acontecer. De quem você gostaria de estar ao lado? De quem pode comer ou será comido? Temos que trabalhar para ter a tecnologia do nosso lado e quem evoluir, juntamente com essa tecnologia, vai fazer história!”.

 

Fonte: Venture Beat, Oct 25 2016

http://venturebeat.com/2016/10/25/softbank-ceo-masayoshi-son-sees-a-future-with-1-trillion-internet-of-things-devices/



Deixe uma resposta

Sign up to our list and receive exclusive content.

* indicates required