Segurança: Entenda como incluir esse fator no ciclo de criação de um software

Um fator importante para as empresas e indústrias que não conseguem desenvolver programas de segurança robustos é o custo inicial percebido para realizar a tarefa. Se inspirar em grandes organizações pode ser intimidador – principalmente quando se está pensando na implementação de segurança no ciclo de vida de desenvolvimento do software (SDLC).
O especialista da Synopsys, David Benas, diz que muitos programas maduros de segurança possuem equipes totalmente integradas à esse ciclo e muitas vezes possuem orçamentos multimilionários e é exatamente por isso que a maioria dos executivos acredita que um SDLC seguro não é acessível financeiramente.
Na verdade, de acordo com o especialista, o ideal é envolver a segurança já no começo do processo para garantir um processo relativamente simplificado e econômico para implementar uma iniciativa efetiva de segurança de software.
Em um texto publicado no blog da Synopsys, o especialista explica mais sobre esse processo, suas vantagens e ainda fala sobre as principais diferenças entre qualidade e segurança e porquê entender isso é fundamental para o SDLC.

Leia mais:
Previsões de segurança para 2017: Gartner aponta onde deve ir seu investimento
Segurança: Proteção necessária para IoT



Sign up to our list and receive exclusive content.

* indicates required